Dia do Contador: Leia o artigo sobre a Transformação Digital na Contabilidade

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Neste 22 de setembro, Dia do Contador, há muitos desafios sendo debatidos depois que todos foram colocados à prova diante de uma pandemia. A Fecontesc parabeniza todos os contadores do Estado e o presidente Itelvino Schinaider escreveu um artigo sobre o este novo cenário que vivemos.

Transformação Digital na Contabilidade

Itelvino Schinaider, presidente da Fecontesc (Federação dos Contabilistas do Estado de Santa Catarina)

Quem não estava adaptado à nova era digital precisou correr no dia 19 de março, quando o mundo estava de cabeça pra baixo e o Brasil passou a adotar o isolamento social. Os contadores realizam muitos serviços de maneira virtual, mas muitas empresas ainda estavam acostumadas a entregar documentos físicos e ter atendimento presencial, o que dificultou a adaptação de um dia para o outro. Sou contador há 34 anos e mesmo com essa experiência, sabedor de que é preciso sempre inovar, nunca tinha imaginado que viveríamos dias como os que vivemos agora. Passaremos o dia 22 de setembro, dia do Contador, com a certeza que precisamos nos reinventar.

Como instrutor de cursos em Santa Catarina e consultor Contábil, Tributário e de Reorganização Societária, percebi uma evolução que certamente vai permanecer.  Acostumado com muitas mudanças ao longo do tempo, fui pego de surpresa como a maioria da classe contábil ao precisar organizar alterações profundas na rotina. Sem eventos presenciais e sem o escritório físico com troca de informações, olho no olho, foi preciso buscar as novidades que a tecnologia permite.

Essa necessidade de transformação da Contabilidade logo foi detectada pela Fecontesc e a diretoria passou a trabalhar diuturnamente para conseguir contribuir com todos os associados, por meio dos Sindicatos de Contabilistas (Sindiconts). Temos em torno de 60 mil profissionais (área pública e privada) atuantes na área Contábil, sendo que a grande maioria executam tarefas manuais imputando informações. A base da Fecontesc é composta por 23 Sindiconts, localizados em regiões estratégicas no Estado.

Com a pandemia, percebeu-se que não cabe mais os métodos antigos, analógicos e sim os transformadores. Os profissionais de Contabilidade precisam ser competitivos e eficazes para permanecerem no mercado. E isso é pra sempre, ou seja, mesmo que voltemos aos espaços físicos, que continuemos a ter os encontros presenciais, nada mais será como antes, pois a agilidade e a objetividade do digital nos permite muitos avanços. E a Fecontesc vem oferecendo suporte nessa área. Será necessário mudar a cultura, fazer diferente, reduzir custos, eliminar o retrabalho, rever processos e agregar valor ao seu produto. O cliente precisa perceber isso.

 

 

 

Deixe um comentário